Projeto Navegar – Grupo Esparrama inaugura exposição interativa na Funarte-SP

Grupo Esparrama amanhã (20/01) na FUNARTE – SP

Amanhã, dia 20 de janeiro, o Grupo Esparrama estará presente na abertura de sua exposição na FUNARTE, realizando intervenções junto aos visitantes que serão convidados a conhecer a trajetória de pesquisa do grupo sobre o imaginário infantil para a criação do novo espetáculo de Teatro na Janela no Minhocão, que estreia em Fevereiro.

Projeto Navegar chega à Funarte - Foto: Sissy Eiko

Projeto Navegar – Grupo Esparrama na Funarte – Foto Sissy Eiko

Continue lendo

O Inferno de Dante – O inferno de Botticelli

O Inferno de Dante

Christine Alencar

Quem nunca imaginou como seria o Inferno? Como seríamos castigados por nossos pecados? Bem, Dante Alighieri imaginou. Imaginou e descreveu com uma riqueza de detalhes tão grande, que é capaz de aterrorizar até os mais incrédulos.

A Divina Comédia é com certeza um dos maiores poemas já escritos, não só por conter em sua estrutura, 100 cantos e 14.233 versos, mas sim por ter sido fonte de inspiração para grandes nomes da arte, resultando em dezenas de obras baseadas na viagem de Dante Alighieri pelo Inferno, Purgatório e Paraíso.

Uma dessas obras (e a minha favorita) é o chamado “Mapa do Inferno”, de Sandro Botticelli, a ilustração retrata os Nove Círculos concêntricos descritos no Inferno, com todo o sofrimento dos que tiveram esse, como destino final.

Mas antes de começarmos a nossa viagem, vamos saber um pouco do homem por trás da mente que criou este épico poema.

Agora chegou a hora de darmos início ao nosso passeio pelos Nove Círculos por onde Dante andou guiado pelo seu mestre, o poeta Virgílio. O Inferno descrito por Dante está em forma de um funil, que segue em direção ao centro da terra, onde Lucífer está à espera. Em cada círculo são punidos pecados distintos, de acordo com seu grau de “gravidade” Os pecados menos graves são punidos nos primeiros círculos e os mais graves nos últimos.

E lá vamos nós…. “Deixe toda esperança, ó vós que entrais”.

Primeiro círculo – o Limbo

É destinado aos pagãos virtuosos e aos não batizados, àqueles que morreram antes da vinda de Jesus Cristo, suas almas vagam pela mais completa escuridão, o que representa a não iluminação das mentes que não conheceram o Evangelho e seus ensinamentos.

Segundo círculo – Vale dos Ventos

Encontra-se a sala do julgamento, é lá que o juiz do inferno, chamado Minos, ouve a confissão dos mortos e os destina a um dos nove círculos, faz isso enrolando sua enorme cauda envolta do corpo, cada volta representa um círculo abaixo.

Nesse mesmo círculo, estão aqueles que cometeram o pecado da luxúria, que são atormentados por furacões e ventanias representando os vícios da carne, que assim como o vento, os levavam de encontro ao pecado.

Minos – Gustave Doré

 

Terceiro círculo – Lago da Lama

Encontram-se os gulosos, atolados numa lama suja, são punidos ao ficarem prostrados debaixo de uma forte chuva de granizo, água e neve, sendo arranhados, esfolados e dilacerados por um enorme cão de três cabeças chamado Cérbero, que retrata o apetite sem fim.

Cérbero – Gustave Doré

Quarto círculo – Colinas de Rocha

É o destino dos pródigos e avarentos, que possuem como punição, rolar com os próprios peitos grandes pesos, que representam as suas riquezas e estão fadados a trocarem injúrias entre si.

Quinto círculo – Rio Estige

Abriga os acusados de ira, estes ficam amontoados em um lago formado de água e sangue borbulhante, batendo-se e torturando-se. No fundo do Estige, estão os rancorosos que não demonstraram sua ira e permanecem proibidos de subir à superfície.

Sexto círculo – Cemitério de Fogo

lugar dos que em vida foram hereges, os que não acreditaram na existência de Deus e de Jesus como seu Filho. A punição que eles recebem é o sepultamento em túmulos abertos, de onde sai fogo (o que nos lembra a sentença dada aos condenados por heresia pela Igreja, que eram queimados em fogueiras)

Gustave Doré

Sétimo círculo – Vale do Flegetonte

É o destino dos que praticam violência. Esse círculo é dividido em três vales:

No primeiro vale (Vale do Rio Flegetonte), estão às almas dos que foram violentos contra o próximo, aqui eles permanecem mergulhados em um rio feito com o sangue dos que eles oprimiram. Na margem do rio ficam o Minotauro de Creta e centauros, que atiram setas nas almas que se erguem do sangue;

No segundo vale (Vale da Floresta dos Suicídas) estão os que praticaram violência contra si mesmo, esses se transformam em árvores sombrias e retorcidas;

No terceiro vale (Vale do deserto Abominável), estão os que praticam violência contra Deus, contra a natureza e contra a arte, e são condenados a permanecer em um deserto de areia quente, onde chovem chamas de fogo, um lugar estéril e sem vida, contrário ao mundo criado por Deus.

Vale do Flegetonte – Gustavo Doré

Oitavo círculo – Malebolge

É dividido em dez fossos, onde são punidos diversos pecados:

No primeiro fosso estão os rufiões e sedutores, açoitados continuamente pelos demônios, que os obrigam assim a cumprir os seus desejos;

No segundo estão os aduladores e lisonjeiros, estes estão imersos em fezes e esterco, que representa a sujeira que deixaram no mundo, resultado do proveito que tiravam dos medos e desejos dos outros e das falsas palavras proferidas;

O terceiro é destino dos simoníacos, enterrados de cabeça para baixo e com as pernas sendo queimadas por chamas;

No quarto encontram-se os adivinhos, que como punição têm suas cabeças voltadas para as costas, os impossibilitando de olhar pra frente;

No quinto fosso estão os corruptos, submergidos em um lago de piche fervente;

No sexto são punidos os hipócritas, estes estão vestidos em pesadas capas de chumbo dourado;

No sétimo estão os ladrões, que são picados por serpentes que os atravessam e os desintegram;

No oitavo são castigados os maus conselheiros, aqui eles são envolvidos por infinitas chamas, e padecem ardendo;

O nono fosso abriga os que semearam a discórdia, e são então esfaqueados e mutilados por demônios que lhes arrancam o que representa a discórdia semeada;

No décimo fosso, os falsários são punidos com úlceras fétidas e diversas enfermidades;

Malebolge – Gustave Doré

Nono e último círculo – Lago Cócite

Cujo pavimento é formado por gelo, é onde estão presos os traidores. Este círculo é dividido em quatro esferas:

A primeira esfera é a de Caína, onde são punidos os que traem seus parentes, estes ficam apenas com o tórax e a cabeça fora do gelo. O nome Caína faz referência a Caim que matou seu irmão Abel.

Na segunda esfera, a esfera de Antenora, estão os que traíram sua pátria, aqui apenas as cabeças ficam fora do gelo;

A terceira esfera, chamada esfera da Ptoloméia ou Toloméia, é onde os traidores de seus convidados são punidos, ficando apenas com o rosto exposto e quando choram, suas lágrimas congelam e cobrem os seus olhos;

A última esfera do nono círculo do inferno, é chamada de esfera Judeca, seu nome claro, faz referência ao traidor mais conhecido da história, Judas Iscariotes e é o destino dos que traíram seus senhores e benfeitores, permanecendo completamente submersos no lago de gelo, conscientes. No meio da esfera está Lucífer, que com suas três cabeças prende de um lado Judas, e do outro Brutus e Cássio, responsáveis pela morte de Júlio César.

Lucífer no Nono Círculo do Inferno – Gustave Doré

Ao passar por todos os círculos, valas, fossos e esferas, chegamos (nós, Dante e Virgílio) ao centro da Terra e é lá que começa a subida em direção à saída, em busca do céu estrelado, da luz no fim do túnel, encerrando assim nossa viagem pelo temido inferno.

O Livro ”Inferno”, escrito por Dan Brown, foi o responsável por despertar o meu interesse pela Divina Comédia e pela história de Dante, além de ser uma bela leitura pra quem é fã da Renascença Italiana.

Fonte: La Parola

O Inferno de Botticelli.

P.S. O Canal Arte1 apresentou o filme em reprise hoje. Creio que haja a possibilidade de rever em outra ocasião.

Os olhos que tudo veem…

Os olhos que tudo veem…

Tem dias que tenho vontade de tudo saber

Tem dias que tenho vontade de tudo poder

Então meus olhos percorrem estradas perigosas

e revelam os segredos profundos

Veem tudo e todos

Sabem tudo e podem tudo

Comandam gestos e sentimentos

Quando a vontade passa

Eles dormem o sono profundo

E libertam o mundo

A dor fica escassa

A poesia ultrapassa a realidade

Enquanto a mentira repousa em desatentos ouvidos

Onde tudo se confunde e ele germina…

 

 

 

 

7 boatos da política brasileira que podem ter enganado você

7  boatos da política brasileira que podem ter enganado você

História de que a presidente Dilma Rousseff teria tentado suicídio não é a primeira mentira divulgada sobre a política brasileira, e nem será a última. Veja outro casos que ficaram famosos na internet:

Por Mariana Desidério

Publicado em 23 jun 2015, 13h04

 

  •  Boataria na política brasileira(Ueslei Marcelino/Reuters)São Paulo – Bombardeada por notícias ruins que vão da Operação Lava Jato à baixa popularidade, a presidente Dilma Rousseff fez questão de falar aos jornalistas sobre outro assunto ontem: o boato de que estaria internada por uma suposta tentativa de suicídio. Este não foi o primeiro e nem será o último boato da política brasileira a ganhar a internet. Veja nas fotos acima sete histórias falsas que já circularam – e nas quais você pode até ter acreditado.
  • 1. Filho do Lula é dono da Friboi(Youtube/Friboi/)Esse é um dos mais conhecidos boatos da política brasileira. A história falsa diz que o filho do ex-presidente Lula, Fábio Luís Lula da Silva, seria sócio majoritário da JBS, grupo dono da marca de carnes Friboi. A farsa ganhou força com o crescimento da empresa e a veiculação das já famosas propagandas com Tony Ramos. Na internet, mensagens pediam o boicote da marca “do filho do Lula”. O boato tomou tanta proporção que foi desmentido pela própria empresa. Em comunicado, a JBS esclareceu que “Os nomes dos maiores acionistas da JBS podem ser encontrados no site, lá será possível identificar que do total de ações, 44% são de propriedade de uma holding chamada FB Participações, que é formada por membros da família Batista, fundadora da JBS.”
  • 2. PT trouxe haitianos para votar em 2014(Luciana Pontes/Secom)Esse boato surgiu antes do período eleitoral. A história falsa dizia que 50 mil haitianos chegaram ao Brasil entre abril e maio de 2014, receberam dupla cidadania, conseguiram tirar título de eleitor e foram orientados a votar no PT. O relato é mentiroso, mas uma pesquisa da USP mostrou que muita gente acreditou. Num levantamento feito entre os manifestantes contrários à presidente Dilma, 42% das pessoas responderam que concordavam com a afirmação “O PT trouxe 50 mil haitianos para votar na Dilma nas últimas eleições”. A pesquisa foi feita durante o protesto do dia 12 de abril, em São Paulo.
  • 3. Aécio Neves é investigado por tráfico de drogas(Marri Nogueira/Agência Senado/Fotos Públicas)Mais um boato que surgiu durante as eleições. Segundo a história, agentes da DEA, a agência antidrogas dos Estados Unidos, teriam visitado um juiz brasileiro para saber sobre o caso do helicóptero da família do senador Zezé Perrella (PDT-MG), onde foram encontrados 445 kg de pasta-base de cocaína. O boato diz que os agentes americanos teriam citado o nome do senador Aécio Neves (PSDB), candidato à presidência derrotado em 2014. O caso do helicóptero realmente aconteceu, mas não há nada que ligue o tucano ao episódio. A história acabou alimentando outro boato envolvendo o senador do PSDB e que circula na internet há anos. Segundo o boato, o político seria usuário de drogas. A história foi explorada no submundo da internet durante as eleições, mas não existe nenhuma prova concreta para ela.
  • 4. CIA matou Eduardo Campos para beneficiar Marina Silva(REUTERS/Ricardo Moraes)A morte do candidato à presidência Eduardo Campos (PSB) foi alvo de diversos boatos, alguns deles envolvendo a então candidata a vice Marina Silva. Campos morreu em um acidente aéreo durante a campanha eleitoral de 2014 e Marina assumiu a candidatura pelo PSB. De todas as histórias criadas em cima do episódio, nenhuma é mais mirabolante do que esta. Um texto publicado pelo jornalista americano Wayne Madsen sugere que a CIA (isso mesmo, a CIA) teria sabotado o voo que levava Eduardo Campos, causando o acidente. O objetivo seria beneficiar Marina Silva. Segundo o site Boatos.org, dedicado a desmentir histórias falsas que aparecem na internet, Wayne Madsen é conhecido nos Estados Unidos por divulgar teorias da conspiração sem base na realidade. A investigação da FAB não indicou qualquer indício de sabotagem no voo que levava Campos.
  • 5. Dilma vai congelar a poupança(Thinkstock)No início deste ano, com a aproximação das manifestações contra o governo Dilma, multiplicaram-se na internet boatos de que a presidente iria confiscar a poupança dos brasileiros, assim como aconteceu no governo Collor. A história foi divulgada via WhatsApp, através de um áudio em que uma mulher dizia: “Ficamos sabendo por um gerente de um banco aqui dos Estados Unidos que é irmão de um deputado no Brasil. (Ele) advertiu a nossa chefe aqui, que ela tem empresa no Brasil, de que quarta-feira vai ter um golpe de Estado igual o do (ex-presidente Fernando) Collor. Que a Dilma vai retirar o dinheiro das contas do Brasil.” A história foi desmentida pelo governo federal.
  • 6. Jean Wyllys quer modificar a Bíblia(Patrícia Soransso / CDH câmara)O deputado federal Jean Wyllys (PSOL) é um dos principais alvos de boatos mentirosos na internet. O mais recente diz que o parlamentar apresentou um projeto de lei que pretende tirar da Bíblia trechos considerados homofóbicos. A história é claramente mentirosa, uma vez que não seria possível modificar a Bíblia com base num projeto de lei. A mentira ganhou força após a Parada Gay deste ano, quando uma transexual vestida de Jesus crucificado gerou polêmica entre religiosos e defensores dos direitos LGBT.  Esse não foi o primeiro boato envolvendo Wyllys e a Bíblia. Outra história mentirosa que tomou a internet em 2014 dizia que o deputado havia afirmado que “a Bíblia é uma piada e quem crê nela é palhaço”. O próprio deputado desmentiu o boato na época.
  • 7. Dilma tentou suicídio(Edgard Garrido/Reuters)Outro boato ligado à má fase do governo federal. A história foi espalhada essa semana via mensagem de WhatsApp. Segundo o texto, a presidente Dilma Rousseff teria tentado suicídio por não suportar mais a pressão da Operação Lava Jato. “Uma amiga da minha esposa, que é amiga do chefe de gabinete da Casa Civil, disse que Dilma tentou suicídio agora há pouco. (…) Parece que foi uma overdose proposital de tranquilizantes. Lula está voando pra Brasília neste momento. Estão dizendo que ela não suporta mais a pressão da Lava Jato, principalmente com a prisão de Marcelo Odebrecht.” A própria presidente fez questão de desmentir a história. “Nesse domingo correu um boato que eu estava internada. Vocês acham que eu estava?”, ironizou. Em seguida, mandou beijos aos jornalistas e foi embora.
  • . Veja agora as revelações da deputada blogueira sobre a vida na Câmara(Montagem/Exame.com/Câmara dos Deputados)12 revelações da deputada blogueira sobre a vida na Câmara

Fonte: Revista Exame

Instituto Eslipa promove ações de cidadania em estados brasileiros com Projeto De Olho no Duto

Instituo Eslipa promove ações nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo com o projeto De Olho no Duto – investimento social da TRANSPETRO – que almeja atingir cerca de 150 mil pessoas em dois anos de ações levando a arte do palhaço e do circo para as comunidades.

Projeto do Instituto Eslipa leva arte para comunidade

Circo do Asfalto em apresentação do projeto – Foto: Ricardo Avellar

Continue lendo