Arquivo mensais:julho 2013

A História dos Tributos c/ Paulo Betti

Serviços públicos de qualidade como transporte, hospital, estradas são obrigação de um trabalho bem realizado pelos governantes. Então, a fiscalização feitos pelos cidadãos é essencial para uma melhor qualidade de vida.

impostos

Red Hot Chili Peppers versão forró

Quem não foi no Rock in Rioooooo hehehehe

Fernando Arrabal – Deus joga dados?

Machu Picchu – Diário de uma viagem legal – 09/07

Hoje fomos visitar dois lugares muito interessantes e grandes. Levantei às 7 h mais ou  menos. Arrumei-me como de costume, eu dormi metade vestido pra sair, tinha tomado banho à noite, então nem precisava tomar de novo, ainda mais porque estava frio nem teve suadouro. Se fosse verão, estivesse calor e a noite tivesse sido quente, seria outra história. Desci,tomei um café bem tomado. Os cafés da manhã em hotéis são muito bons. Tem frutas, tem pão, tem queijo, tem iogurte, tem granola, tem geleia, tem café e leite, claro. É muito bom. Eu recomendo.Tão logo eu terminei o café, subi ao quarto para pegar minha bolsa, guardar a bolsa maior e desci novamente para passear. Eis que então surge um pequeno problema. Tive que aguardar sentado para resolver. Toca o telefone, era o guia que havia chegado. Lá vou eu. Seguimos para pegar os outros passageiros. A viagem foi para o Vale Sagrado dos Incas. O guia era conhecido e alguns passageiros também. Começamos de verdade o passeio passando por Saqsayhuaman (Sexy woman para os mais íntimos). Depois passamos por  Chincheros, fizemos umas compras,paramos no caminho para tirar umas fotos. Continue lendo

Machu Picchu – Diário de uma viagem legal – 08/07

Hoje eu levantei às 7 h 30.Sairia às 8 h  30 conforme combinado. Vesti-me, desci para tomar café da manhã. Na descida tirei fotografias das telas e fotos que ilustram as paredes do hotel. Quando minha guia chegou,eu já estava lá embaixo esperando.Entrei na van, seguimos para outros pontos aqui para pegar outras pessoas.Num dos pontos, trocamos de van e seguimos para a primeira parada da visita. Era o povoado de Chincheros,  onde fomos recebidos por um grupo de mulheres que nos apresentou uma das suas tradições, tingir os fios para produzirem tecidos e vestimentas.Durante a apresentação feita em inglês e espanhol, as mulheres cantaram e dançaram. Eu tirei fotos com as mulheres. Comprei umas coisas para levar para casa e seguimos viagem para Maras Moray e Salineras. Passamos por um lugar chamado Poroy. Segundo a história,foi um local escolhido por Francisco Pizarro para descansar após uma longa jornada. Poroy vem de “por hoy”, que quer dizer “por hoje” em espanhol. Continue lendo