Arquivos da categoria: Educação

Mensagem para reflexão

Não achei uma imagem que represente realmente isso, talvez nenhuma imagem, mas o mais importante é o texto e a sua mensagem.

Um dia, não lembro exatamente quando, mas foi neste ano de 2017, eu vi na Tevê ou na internet, um vídeo onde o rapaz falava sobre o ser humano, indo direto ao ponto, sobre a valorização para os bens de consumo e a desvalorização perante ao próximo e o seu trabalho. Eu vi aquele vídeo, e refleti que realmente é verdade, e está cada vez mais nítido nos dias de hoje.

Estamos em um tempo, onde as pessoas não hesitam em comprar um celular com preço abusivo, um tênis maior que um salário minimo, roupas caríssimas, etc. Mas, quando o assunto é o ser humano e o seu trabalho, seja ele pedreiro, mecânico, pintor, programador, fotógrafo, músico, as pessoas hesitam e acham caro o valor de seus trabalhos, querem pagar menos, não acham justo, e acabam explorando a situação de alguém que precisa daquele trabalho e pagando um preço muito a baixo do que realmente vale. Sendo que quando vão comprar bens de consumo, não hesitam e não tem essa mesma reflexão.

Estamos em um mundo cada vez mais egoísta, movido a ego e falsos desejos. Que essa mensagem faça você pensar e olhar as coisas um pouco diferente.

Um ano novo com mais amor, perdão, compreensão, altruísmo. Que o próximo seja olhado com mais atenção.

Feliz ano novo!

Igor Menezes

 

Mata Atlântica em Sampa

Mata Atlântica em Sampa

“Aqui tem Mata?” é um aplicativo que busca informar o público sobre a existência de áreas remanescentes de Mata Atlântica no país. Para isso, utiliza a busca por localidade e a visualização de dados.

Mapas interativos e gráficos trazem a informação atualizada sobre o estado de conservação de florestas, mangues e restingas nos 3.429 municípios onde a Mata Atlântica existe ou um dia existiu. Também podem ser visualizadas as áreas protegidas, como parques e reservas em níveis federais, estaduais e municipais, além das Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPNs) desde que tenham ao menos 3 hectares de área contínua bem preservada.

A ferramenta foi feita para funcionar na web, em tablets e celulares. Sua intenção é ser acessível e permitir que pessoas possam reutilizar os dados com finalidades de educação e defesa da proteção da floresta.

Acreditamos que a compreensão da distribuição territorial dos remanescentes florestais, bem como o acompanhamento da taxa de desmatamento pode enriquecer o debate sobre a importância da Mata Atlântica na sociedade brasileira.

Os dados são originados do Atlas da Mata Atlântica, monitoramento que gera relatórios anuais sobre o estado de conservação da floresta. Dados adicionais, relatórios técnicos, mapas, estatísticas e arquivos vetoriais (shapefile) podem ser obtidos no servidor de mapas: http://mapas.sosma.org.br/.

A fonte das informações sobre bacias é a base de dados das bacias de nível 3 da Agência Nacional das Águas – ANA, uma cartografia oficial do país.

Fatos importantes sobre a Mata Atlântica

  • A extensão original era de 1, 3 milhão de Km²;
  • Restam apenas 12,5% de remanescentes com mais de 3 hectares;
  • Das 633 espécies de animais ameaçadas de extinção no Brasil, 383 ocorrem na Mata Atlântica;
  • Mais de 20 mil espécies de plantas, sendo 8 mil endêmicas;
  • 270 espécies conhecidas de mamíferos; 992 espécies de aves; 197 répteis; 372 anfíbios e 350 peixes;
  • Abriga sete das nove bacias hidrográficas brasileiras.

 

Créditos

O Aqui Tem Mata é fruto do trabalho e colaboração das seguintes pessoas e organizações:

Fundação SOS Mata Atlântica

A Fundação SOS Mata Atlântica é uma ONG brasileira que trabalha desde 1986 na proteção dessa que é a floresta mais ameaçada do país. Realiza diversos projetos nas áreas de monitoramento e restauração da Mata Atlântica, proteção do mar e da costa, políticas públicas e melhorias das leis ambientais, educação ambiental, campanhas sobre o meio ambiente, apoio a reservas e unidades de conservação, dentre outros. Todas essas ações contribuem para a qualidade de vida, já que vivem na Mata Atlântica mais de 72% da população brasileira. A Fundação realiza em parceria com o INPE o Atlas da Mata Atlântica, que fornece os dados para o “Aqui Tem Mata?”. Saiba mais em www.sosma.org.br.

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE

Atua nas áreas de Observação da Terra, Meteorologia e Mudanças Climáticas, Ciências Espaciais e Atmosféricas e Engenharia Espacial. Possui laboratórios de Computação Aplicada, Combustão e Propulsão, Física de Materiais e Física de Plasmas. Presta serviços operacionais de monitoramento florestal, previsão do tempo e clima, rastreio e controle de satélites, medidas de queimadas, raios e poluição do ar, testes e ensaios industriais, entre outros. O INPE aposta na construção de satélites para produção de dados sobre o planeta, e na transformação destes dados em conhecimento, produtos e serviços para a sociedade brasileira e para o mundo. Também transfere tecnologia, fomentando os setores da indústria e serviços no campo espacial no Brasil. Saiba mais: www.inpe.br.

Arcplan

Empresa especializada em geoprocessamento com ênfase em cartografia digital, interpretação de imagens de satélite e fotografias aéreas, desenvolvimento de sistemas WEB GIS, estudos ambientais, planejamento municipal e análise geográfica. Responsável pela execução técnica do Atlas da Mata Atlântica. Site: www.arcplan.com.br

Bradesco Cartões

A Organização Bradesco mantém o compromisso com a sustentabilidade. Através da Bradesco Cartões, a empresa patrocina o Atlas da Mata Atlântica e o hotsite Aqui Tem Mata, e mantém uma parceria de longa data com a Fundação SOS Mata Atlântica, apoiando projetos em defesa do meio ambiente e de um futuro sustentável. Site: www.bradesco.com.br

Máquina Cohn & Wolfe

A Máquina Cohn & Wolfe é uma das maiores agências de relações públicas do Brasil, faz parte da Cohn & Wolfe e do grupo WPP. Com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, tem a combinação de talento e experiência para atender demandas por serviços de marketing integrado, seja de companhias brasileiras ou multinacionais. Possui divisões especializadas em métricas, relações com a mídia, soluções digitais, vídeo, branding, publicidade e design. Globalmente, a Cohn & Wolfe tem 56 escritórios em 30 países. Saiba mais em http://www.maquinacohnwolfe.com.

Infoamazonia

Responsável pela consultoria em dados e visualização do Aqui Tem Mata. O projeto é sustentado por uma rede de organizações e jornalistas que oferecem atualizaçõs constantes. As bases de dados compartilhadas por InfoAmazonia estão sempre disponíveis para download e também serão renovadas com frequência. Saiba mais: http://infoamazonia.org/pt/.

Fonte: SOS Mata Atlântica

Esse chip não é instrumento de Educação

Esse chip não é instrumento de Educação

CHIP VETADO! // Enviamos mais de 2 mil e-mails ao prefeito João Doria e ele vetou o Projeto de Lei nº 78/17, de autoria do Vereador Camilo Cristófaro, que previa a instalação de chips em uniformes das escolas municipais.

Entre os argumentos apresentados no veto, estavam justamente os pontos que trouxemos em nossa mobilização, como o aumento (de 58%) no custo dos uniformes e a proteção aos direitos de intimidade e privacidade das crianças e dos adolescentes.

Com a ajuda de milhares de paulistanos e paulistanas, participamos ativamente de mais uma decisão que impactaria nossa cidade. E continuamos trabalhando por uma São Paulo mais democrática, inclusiva e sustentável. Compartilhe essa vitória!

 

Filosofia da Educação – Rousseau

Um pouco de educação, sob a ótica de Rousseau.

Rogéria por Rogéria

Rogéria por Rogéria (* 1943 + 2017)

“É com muito prazer, que presenteio todos vocês, com a MARAVILHOSA Rogéria! A estrela do Brasil, e do mundo, aqui, no indústria 17! Polêmica, autêntica, doce, verdadeira, humilde… Uma verdadeira DIVA!! Você vai conhecer uma Rogéria que você nunca viu, e, tenha certeza, vai aprender muito com ela, a sua simplicidade e transparência, são dignas de aplausos!!! Eu já disse que ela é muito mais legal do que a gente imagina!? Juro! Querida Rogéria, que honra!! Sou muito grato pela forma carinhosa que fui recebido, pela atenção, e pelo cuidado!! Foi tudo muito lindo gente, é sério!” ( Indústria 17)