Arquivos da categoria: Filosofia

Raul Seixas- Capim Guiné

Raul Seixas- Capim Guiné

“..Num planto capim-guiné
Pra boi abaná rabo
Eu tô virado no diabo
Eu tô retado cum você

Tá vendo tudo
E fica aí parado
Cum cara de viado
Que viu caxinguelê…”

Esta é pra você que viu os golpistas chegarem e ficou de braços cruzados…

Feliz Ano Novo para quem é de luta!

Feliz Ano Novo para quem é de luta!

O nosso ano que está se acabando não foi fácil. Teve seus altos e baixos. Muito mais baixos com certeza. Foi um ano tornado difícil para facilitar as más ações que ao seu longo foram executadas. Foram 366 dias pintados de cores frias e duras. Foram 12 meses que demandaram coragem de alguns para enfrentar as barbaridades cotidianas.

Fomos atropelados por medidas antidemocráticas quase inacreditáveis. Sofremos o impeachment mesmo que nenhum crime tenha sido cometido. Tudo não passou de um conchavo de golpistas peemedebistas e tucanos, apoiados por evangélicos infernais e aplaudido por milhões de incautos manipulados pela mídia jornalística, especialmente uma certa “rede globo”, uma revista “veja”, outra “isto é”, um “mbl”, um mal informado aqui, outros acolá, um moro tucano metido a juiz justiceiro, uma advogada louca arrependida.

A democracia foi atacada e poucos saíram para defendê-la. Foi de matar de vergonha ver as coisas acontecendo e as pessoas não reagirem. Depois que Dilma foi golpeada, temer assumiu e começou a destruição: aprovou uma PEC de redução de recursos para áreas como Educação, Saúde e Seguridade Social por 20 anos, quer aprovar reformas na Previdência e nas Leis Trabalhistas: Aumentar o tempo de contribuição e a idade para aposentadoria, reduzir direitos trabalhistas para favorecer os exploradores-empregadores, por exemplo. E ainda tem gente achando que o temer tá fazendo um bom governo. Só se for na casa da mãe joana. Perdemos em meses, as conquistas de décadas.

Fomos alagados com notícias fajutas, com boatos e fofocas. Fomos ludibriados e fantasiamo-nos de “patriotas”. Até a sugestão de cores para a passagem de ano são bem “sugestivas”: verde e amarelo para atrair emprego e dinheiro. Querem que as pessoas se fantasiem de verde e amarelo para dizer que elas apoiam as bandalheiras que o temer está implementando.

No ano de 2017, temer e seus comparsas vão tentar nos prejudicar mais…

Mesmo assim: FELIZ ANO NOVO! FELIZ 2017 PRA QUEM É DE LUTA, PRA QUEM NÃO SE ACOVARDA, PRA QUEM NÃO SE DEIXA ENGANAR, PRA QUEM ESTUDOU HISTÓRIA E APRENDEU, PRA QUEM NÃO VAI FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS ESPERANDO A MORTE CHEGAR, PRA QUEM VAI LUTAR PRA DEFENDER SEUS DIREITOS, PRA QUEM SABE QUE DEVE PREPARAR-SE PARA DERROTAR AS ADVERSIDADES!

Capital Inicial – Quatro vezes você

Capital Inicial – Quatro vezes você

 

Avião militar russo com 92 pessoas a bordo caiu no mar Negro; não há sobreviventes

Avião militar russo com 92 pessoas a bordo caiu no mar Negro; não há sobreviventes

Avião Tupolev Tu-154 é visto em aeroporto militar de Chkalovsky ao norte de Moscou (Foto: REUTERS/Dmitry Petrochenko)

Um avião militar russo com 92 pessoas a bordo caiu neste domingo(25) no mar Negro. Segundo informações do Ministério da Defesa da Rússia, não há sobreviventes.

A lista de passageiros publicada pelo ministério inclui 64 membros do Conjunto Alexandrov, conhecido durante suas viagens ao exterior como o coro do Exército Vermelho, oito militares, entre eles o diretor do Conjunto Valeri Khakhilov, oito tripulantes, nove jornalistas, dois funcionários civis e a diretora de uma organização de caridade respeitada na Rússia, Elizaveta Glinka.

Esta última, conhecida como “Doutora Liza”, levava medicamentos para o Hospital Universitário de Latakia, segundo o diretor do Conselho dos Direitos Humanos para o Kremlin, Mikhail Fedotov, em comunicado citado pela agência de notícias Interfax.

Fonte: Uol Notícias

наши соболезнования семьям погибших.

Nossas condolências aos familiares das vítimas.

 

 

Talles Faria lista 20 provas de que a Aeronáutica é homofóbica

Talles Faria lista 20 provas de que a Aeronáutica é homofóbica

A história do aluno Talles Faria bombou esta semana na internet e não poderia ser diferente. No último sábado, dia 17, o estudante aproveitou o momento em que todos os holofotes estavam sobre ele na formatura do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) para fazer um protesto contra a homofobia que ocorre na instituição.

Em um vídeo que circula nas redes, Faria aparece subindo no palco para pegar seu diploma com uma capa roxa, que ele arranca na sequência, ficando de vestido vermelho e salto alto. Assista aqui.

Agora, em resposta aos comentários homofóbicos que pipocaram na internet desde que o vídeo começou a viralizar, Faria postou no Facebook uma lista com 20 provas de que a Força Aérea é realmente discriminatória, de acordo com a experiência dele.

Precedidas pela frase “A Aeronáutica não é homofóbica, mas…”, a lista revela as piadas com os estudantes mais “afeminados” e as “brincadeirinhas” vindas dos próprios professores.

Faria provou, mais uma vez, que a homofobia não será tolerada em NENHUMA circunstância. Confira:

1. A Aeronáutica não é homofóbica, mas não tinha nenhum LGBT assumido em toda a EPCAR quando entrei em 2009. Mais de 900 alunos, nenhum LGBT. Todos os meninos falavam apenas de garotas e se apaixonavam apenas por garotas.

2. A Aeronáutica não é homofóbica, mas faziam piadas com os estudantes mais efeminados. Ser efeminado é ser viado e ser viado é ser piada. Ninguém quer ser piada, ninguém quer ser LBGT.

3. A Aeronáutica não é homofóbica, mas em todas as escolas militares sabíamos do caso do aluno homossexual da escola da Marinha. Motivo de piadas por anos.

4. A Aeronáutica não é homofóbica, mas um certo professor militar de um certo cursinho elitista aí é conhecido por todos os alunos por seus discursos de ódio contra LGBTs em suas aulas.

5. A Aeronáutica não é homofóbica, mas seria o fim das FFAA quando fosse criado um coletivo LGBT na AFA (Academia da Força Aérea).

6. A Aeronáutica não é homofóbica, mas os instrutores e militares em posições de poder desejam boas férias com as namoradas, fazem piadas com puteiros e quando citam homossexuais é pra debochar e dizer que “chave com chave não abre porta”.

7. A Aeronáutica não é homofóbica, mas existe professor que para explicar transistores é preciso falar que tem transitor macho e transistor fêmea e que não existe meio termo.

8. A Aeronáutica não é homofóbica, mas “não existe elétron triste, não tem elétron com problemas psicológicos, não tem elétron gay”, disse certo professor.

9. A Aeronáutica não é homofóbica mas todos os meus amigos LGBTs morriam de medo que alguém os descobrisse e os desligasse.

10. A Aeronáutica não é homofóbica mas quando descobriram que dois amigos meus estavam namorando na EPCAR tiraram um deles do Código de Honra e começaram a perseguir o outro com punições.

11. A Aeronáutica não é homofóbica mas quando os alunos LGBTs foram descobertos, os discursos de ódio saíram do armário. Amigos se afastaram, viraram as costas. Esse sentimento é terrível, perder alguém que você se importa e que você achava que se importava com você por causa de sua orientação sexual.

12. A Aeronáutica não é homofóbica, mas durante formatura militar “Vocês sabem onde está fulano (LBGT assumido)? Deve estar chupando pau por aí.” Todos riem. Denunciamos. Ninguém ouviu nada. Caso encerrado.

13. A Aeronáutica não é homofóbica, mas faziam piadas e imitavam os trejeitos e as vozes do nosso comandante por que achavam que ele era viado.
Se era, ninguém sabia, continuaria invisível e piada, mas a Aeronáutica não é homofóbica.
Heterossexual é exposto, é divertido, é público, é o decoro da classe, é a moral e são os bons costumes.
Homossexual é vergonhoso, deve ficar escondido e só ser mencionado para ser piada. Homossexual é depravado, é nojento, é desrespeitoso.

14. A Aeronáutica não é homofóbica, mas quando os cadetes da AFA ficaram sabendo que tinha homossexual assumindo-se, prometeram desligar todos. “Vou fazer pedir pra ir embora. Aqui não tem viado. Vai pagar flexão até pedir pra ir embora.”. E isso aconteceu.

15. A Aeronáutica não é homofóbica, mas quando homossexuais assumidos ousaram ir para a AFA, foram perseguidos por cadetes escolhidos para serem “Líderes”. Ouviram “eu sei que você é viado e vou fazer você pedir desligamento.”

16. A Aeronáutica não é homofóbica, mas nosso amigo, cadete mais antigo da AFA, o qual também não era assumido, prometeu que tentaria não deixar que outros cadetes perseguissem nosso amigo LGBT assumido que ousou ir pra AFA.

17. A Aeronáutica não é homofóbica, mas pintar cabelo é coisa de mulher. Escureça esse cabelo e se apresente amanhã.

18. A Aeronáutica não é homofóbica, mas só vamos permitir que Aspirantes deixem de ser Aspirantes no ITA quando forem viados. Ao menos, o primeiro caso.

19. A Aeronáutica não é homofóbica, mas usar maquiagem é coisa de mulher.

20. A Aeronáutica não é homofóbica mas quando você é viado, você tem que ser perfeito: voz grossa pra ser respeitado, sem trejeito, as maiores notas, o melhor físico, nunca falar de homem ou agir de forma descontraída. Nunca falar sobre sua sexualidade. Você pode ser viado desde que nunca aja como um. Pode ser viado mas tem que ser como se fosse hétero. O padrão militar é hétero, mas a Aeronáutica não é homofóbica.

Maravilhosamente, ele termina seu texto com um lacre: “Agora, se você ainda acha que não havia motivos para minha manifestação e que meus motivos não são válidos, volte ao tópico 1”.

Faria ainda iniciou um canal no YouTube onde  explica cada uma das denúncias que fez na colação de grau da instituição. Veja o primeiro episódio:

Procurada pelo site HuffPost Brasil, a Aeronáutica não se pronunciou sobre o caso.

Fonte: Catraca Livre