Arquivo da tag: vida

Diálogo no Ventre

No ventre de uma mulher grávida dois gêmeos dialogam:
– Você acredita em vida após o parto?
– Claro! Há de haver algo após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.
– Bobagem, não há vida após o nascimento. Afinal como seria essa vida?
– Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a nossa boca.
– Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Além disso, andar não faz sentido pois o cordão umbilical é muito curto.
– Sinto que há algo mais. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.
– Mas ninguém nunca voltou de lá. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.
– Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.
– Mamãe? Você acredita em mamãe? Se ela existe, onde ela está?
– Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela não existiríamos.
– Eu não acredito! Nunca vi nenhuma mamãe, não existem provas científicas que ela exista, por isso é claro que ela não existe.
– Bem, mas ás vezes quando estamos em silêncio, posso ouvi-la cantando, ou senti-la afagando nosso mundo. Eu penso que após o parto, a vida real nos espera; e, no momento, estamos nos preparando para ela.

AUTOR DESCONHECIDO

Filosofias de uma noite em claro

almamusical

E nesse ritmo de eleições com muitas tramas políticas, vamos vivendo o ano de 2016. Parece que foi ontem quando se teve as eleições pra presidente em 2014. Foi minha segunda experiência no debate eleitoral presidencial, achei muito melhor do que em 2010. Acho que as pessoas estão mais respeitosas perante ao pensamento alheio na internet.

Mas será isso que me tira o sono? Não, acho que não… Outro dia tivemos o fato de um comediante se declarar no jornal pra uma ex-namorada. Eu achei normal, nada demais, pode parece insensibilidade da minha parte, mas não é, eu só acho mesmo que mais atos de amor devem ser feitos. E o do tal comediante foi só mais um, e olhem que há aqueles que dizem que foi marketing do novo filme dele.

Entre amores e política, há muito aprendizado. Acho que decidi quem irei votar, algo muito mais fácil do que nas outras vezes, será a maturidade? Mas não sei como resolver os dilemas do coração. Bem, vou ficando por aqui, até uma próxima conversa, as vezes vazia, as vezes profunda, porém sincera.

A volta dos que não foram ou Causos de um pescador de ilusões

baita_post

Depois de um período de ausência da minha parte, eu voltei. Não sei por quanto tempo, nem a frequência dos meus posts, mas tentarei fazer o melhor possível. Vou continuar a escrever sobre cultura aqui no blog, desde cinema, quadrinhos, música e etc. E as vezes, outras coisas como futebol e política.

Nesse período que eu estive longe, eu tive muitas aventuras por aí. O mundo mudou também, tivemos a Copa do Mundo no país e tomamos de 7×1 da Alemanha, mas dois anos depois ganhamos o ouro inédito nas Olimpíadas (além do orgulho nos outros esportes); Dilma foi reeleita e sofreu o Impeachment (#ForaTemer); Naruto acabou, Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco voltaram; teve filme do Star Wars; e muitas outras coisas aconteceram.

saudades

Bem, espero que tenham gostado do vídeo de abertura hehehe e dos vídeos sobre os últimos tempos que estive fora. Fica a frase abaixo como inspiração pros próximos posts:

“A sorte ajuda os ousados.” (Virgílio)

joinha_wayne

Alzheimer

Alzheimer

Chove lá fora, solidão aqui dentro

Eu me sinto confuso, há muito tempo.

Não sei quem eu sou, lembranças estão voltando

Onde está o meu filho, eu não o vejo.

Quem é você, onde você mora

É muito longe, qual o seu nome.

As plantas estão morrendo, o sol não está nascendo

Me sinto tão triste, lágrimas caem.

Eu agora me lembro, você é o meu filho

Eu estou confuso, eu me sinto partindo.

 

Se você não existisse, que falta faria?

Esse vídeo fez eu refletir sobre determinadas coisas, inclusive olhar a vida de outra forma. Vale a pena assistir, recomendado.